Pesquisador comenta papel de multinacionais no desmatamento da Amazônia

Especialista em meio ambiente e Amazônia, o pesquisador Adalberto Veríssimo comentou para o Conexão AMZ o relatório que aponta multinacionais como principais financiadoras do desmatamento da floresta amazônica

Equipe | Conexão AMZ

Fundador de um dos principais institutos de pesquisa para o desenvolvimento sustentável na Amazônia, o Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia) e diretor de projetos do Centro de Empreendedorismo da Amazônia, o pesquisador Adalberto Veríssimo conversou com as jornalistas Rita Soares e Layse Santos sobre o relatório que aponta multinacionais européias e norte-americanas como principais financiadoras do desmatamento da floresta amazônica.

O levantamento foi elaborado e divulgado pela ONG Internacional Amazon Watch, que listou 27 empresas europeias e norte-americanas cuja cadeia produtiva foi ligada ao desmatamento ilegal na região, basicamente por meio da importação de produtos como carne bovina, couro, soja e madeira.

Defensoras do meio ambiente em seus países, multinacionais financiam desmatamento na Amazônia

"É uma instituição séria e com histórico de investigar com rigor desvios de conduta de empresas e governos", comentou sobre a atuação da Amazon Watch. Confira no nosso podcast o que Veríssimo fala sobre o relatório, o papel das empresas, governos e mercados consumidores no desmatamento da floresta.

Conexão AMZ