Paulo Anijar

Chef de cozinha contemporânea com experiência em gastronomia francesa, italiana, confeitaria, panificação e gastronomia molecular. Faz dupla societária com a chef Ilca Carmo no Restaurante Santa Chicória, atuando em eventos e consultoria para restaurantes. Utiliza ingredientes regionais com técnicas variadas e aplicáveis às necessidades dos clientes.

Um desejo de infância chamado Brownie de Oreo

Paulo Anijar

Chocolate, bolo e biscoito. Três guloseimas que toda criança ou adulto amam. Agora, imagine misturar tudo isso em uma sobremesa só? Não recordo a primeira vez que comi um brownie, mas lembro que foi um prazer indescritível. Aquele bolo quente, cremoso, como se trouxesse dentro dele uma barra de chocolate. Crocante por fora, com o sorvete por cima, equilibrando o quente da calda com o gelado do sorvete...
 
Não tinha como ser diferente, acabou virando um febre. Era brownie em tudo quanto é lugar e de tudo quanto é jeito: browie recheado, brownie invertido, raspas de brownie, etc... 
Não esqueça de passar os ingredientes secos em uma peneira para dar ao bolo uma consistência mais macia (Divulgação)
Mas sou bem old school, sou fã do clássico. Com a entrada do Oreo no Brasil, o biscoito mais vendido no mundo - com o seu mérito, pois mistura muito bem o biscoito de cacau com recheio que baunilha e um "quê" meio salgadinho - resolvi fundir os dois, controlando mais o açúcar de forma a deixar o bolo mais cremoso e denso.
 
A receita abaixo é a mesma que servíamos no restaurante. No entanto, cometi um erro, pois a assadeira ficou um pouco grande, e ele saiu baixinho. Mesmo assim, ficou bem cremoso, desmanchando na boca.
Disponha os biscoitos sobre a assadeira alternadamente. (Divulgação)
Há de se ressaltar duas coisas muito importantes. Primeiro, o chocolate que você vai usar. Invista no melhor chocolate disponível, isso fará uma grande diferença, pois ele tem gordura boa. Fuja dos chocolates com gordura hidrogenada e, mais ainda, da gordura fracionada.
 
Outra coisa importante é o tempo de forno e temperatura. Se assar muito vai ficar seco (o erro mais comum). Vale usar aquela dica da vovó. Quando o bolo estiver quase no tempo certo de ficar pronto, toque levemente o centro da assadeira. Se estiver macio estará pronto, mas, se estiver mole deixe mais um pouco. Já se estiver duro, tire imediatamente do forno pois ele pode ter passado do ponto.
Adicione o chocolate, os secos e os ovos batidos, depois continue misturando até deixar a massa homogênea. (Divulgação)
Sirva com o sorvete de sua preferência e, se possível, opte por uma calda um pouco mais amarga ou ácida, pra dar uma quebrada no doce. Espero que aproveitem. 
 
Brownie de Oreo
 
Anote os ingredientes:
156 gramas de chocolate meio amargo    
156 gramas de manteiga    
3 ovos deixados em temperatura ambiente    
200 gramas de açúcar    
1 colher de chá de baunilha    
114 gramas de trigo    
50 gramas de chocolate em pó    
1 e ½ pacote de biscoito Oreo
Depois de assar, deixe o brownie esfriar completamente na forma (Divulgação)
 
 
Como preparar:
 
Unte uma assadeira com manteiga e chocolate.
 
Coloque a manteiga e o chocolate em banho-maria, até derreter completamente.
 
Branqueie o açúcar com os ovos e a baunilha, em velocidade alta, por aproximadamente 8 minutos. Misture todos os secos já peneirados.
 
Adicione o chocolate derretido sobre os secos, e em 3 partes sobre os ovos batidos levemente. Continue misturando apenas para deixar a massa homogênea. 
 
Coloque um papel manteiga já untado com manteiga em uma assadeira retangular pequena e em seguida disponha os biscoitos sobre a assadeira alternadamente. Despeje a massa cobrindo os biscoitos. 
 
Asse no forno convencional a uma temperatura de 180° C ou no forno profissional a 160°C por 20 a 15 minutos. Lembre que ele tem que ficar molhadinho.
 
Deixe esfriar completamente na forma.
Paulo Anijar