Paulo Anijar

Chef de cozinha contemporânea com experiência em gastronomia francesa, italiana, confeitaria, panificação e gastronomia molecular. Faz dupla societária com a chef Ilca Carmo no Restaurante Santa Chicória, atuando em eventos e consultoria para restaurantes. Utiliza ingredientes regionais com técnicas variadas e aplicáveis às necessidades dos clientes.

Aprenda a fazer as maravilhosas rosquinhas americanas, os Donuts

Paulo Anijar

Fritura, açúcar e pão, três gordices que são incontroláveis, resolveram se unir em uma única sobremesa de padaria maravilhosa. O donut (E.U.A), doughnut (Inglaterra) ou rosquinhas, desenvolvida nos Estados Unidos, pelos imigrantes holandeses, que fritavam uma massa adocicada similar a um pão em banha de javali e com especiarias, foi cada vez mais valorizado, e foi espalhado por todo mundo com características diversas. Aqui no Brasil, acabou traduzindo para o nosso sonho, normalmente recheado com creme de confeiteiro.

Irei compartilhar a minha receita de massa de donuts tradicional, você pode fazer vários recheios e coberturas, eles são idais para serem consumidos no hora, como toda fritura tem que ser. Caso você queira assar, ele vai funcionar, mas não vai ficar tão gostoso. Fiz uma cobertura com glacê de Bourbon, aquele uísque americano, que tem notas mais adocicados com baunilha. Doce de padaria com gostinho para os grandinhos.

Os ingredientes:

Leite gelado - 240 ml
Açúcar - 65 g
Sal - 5 g
2 ovos
Manteiga - 75 g
Trigo - 500 g
Fermento biológico - 10 g
Óleo para fritar

Em uma batedeira, misture o trigo, fermento, açúcar, adicione metade do leite até ficar uma massa única. Adicione os ovos, misture mais, depois a manteiga e o sal. Adicione o restante do leite gradualmente. Se não precisar e a massa não estiver lisa, deixe sovar por mais 5 minutos. Deixe descansar por 30 minutos, abra a massa e corte com um aro de formato redondo e depois com ajuda de uma tapinha de refrigerante corte o meio. Deixe descansar na geladeira ou em um local frio, para a massa fermentar lentamente, em média 30 a 60 minutos.

Calda glacê de Bourbon:

Bourbon - 3 doses 
Açúcar confeiteiro - 1 xícara
Glucose - 1 colher de sopa
Leite - 2 colheres de sopa 

Enquanto a massa fermenta, faz o glacê. Em uma panela alta, reduza as doses de até a metade. Adicione a glucose e o leite, deixe esfriar e adicione gradualmente o açúcar de confeiteiro até ficar uma calda espessa. Deixe em temperatura ambiente.

Legenda ()

Frite a massa em temperatura média. Quando estiver dourada, vire-a. Depois coloque em um papel-toalha pra secar, passe no glacê, e coma ainda quentinho.

Paulo Anijar
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!