Linomar Bahia

Jornalista e radialista profissional. Exerceu as funções de repórter, redator e editor de jornais e revistas, locutor, apresentador e diretor de emissoras de rádio e televisão. Articulista dominical de O Liberal há mais de 10 anos e redator de memoriais, pronunciamentos e textos literários.

Empreendedorismo que falta

Linomar Bahia

O "modismo", a que os brasileiros sempre se submetem, incorporou, nos tempos recentes, o vocábulo "empreendedorismo", pouco atentando para a distância entre a vocalização da expressão e a efetivação de empreendimentos. Assim, banalizam designativos de grande significado, como vulgarizaram termos fáceis de recitar, mas difíceis de concretizar, a exemplo do já desgastado "empoderamento", ignorando a necessidade das palavras corporificarem, plenamente, práticas concretas, na inteira acepção de que os termos se revestem.

A celebração dos 73 anos de O Liberal envolve exemplo vivo de empreendedorismo autêntico, pela realização de Romulo Maiorana em transformar um jornal, antes de circulação partidária restrita, em "case" de sucesso nacional, igualando a outros empreendimentos, responsáveis pela relevância social e econômica do Pará. Foram fábricas de calçados, pneus de carros, tecelagens e metalúrgicas no Reduto, a terceira agência do Banco do Brasil, bancos ultramarinos e locais e a "Bolsa de Valores", à altura  da então "Paris dos trópicos".

Muitos aspectos e costumes, todavia, destoavam da riqueza urbana que Belém ostentava, desde a época áurea da borracha, espelhada pela suntuosidade do Teatro da Paz, e responsável por um dos maiores PIBs do país. Lojas eram ambientes fechados, com  lâmpadas pendentes do teto, portas pesadas, prateleiras rústicas empilhadas de linho inglês e sedas francesas, que vestiam os cavalheiros e as damas das altas rodas, nos bailes da aristocracia e nas elegantes recepções, peculiares do  "glamour" daquela "Belle Époque".

Nas comunicações, a televisão era algo distante, o rádio deixava o pioneirismo da quarta emissora do país. Os jornais, embora cinco diários e dois semanais, ainda na composição e impressão quase artesanais, impressos "a quente" das linotipos, indo aos poucos para as "composeres" eletrônicas, e na substituição das "rotoplanas" pelas "rotativas". Continuavam, contudo, a resistir aos avanços técnicos e operacionais, premidos, principalmente, pela incipiência da publicidade embrionária, como informação e receita dos veículos.

Coube ao empreendedorismo e espírito inovador de Romulo Maiorana trazer a modernidade, particularmente, no comércio e nas comunicações. Acompanhei muitas dessas ações modernizantes, dirigindo a rádio Liberal AM, desde que a adquiriu, implantando a TV Liberal e como diretor executivo do nascente "Grupo Liberal". Testemunhei a verdadeira revolução visual e mercadológica por ele instaurada, na aparência das antigas lojas do centro comercial, com as Lojas RM, iluminadas pelas primeiras com vitrines e temáticas.

Problema desafiador dos jornais, por sujarem com tinta de impressão, foi resolvido por Romulo com a primeira impressora "off-set" no país, dispensando os clichês metálicos ao gravar diretamente do original. A rádio Liberal AM foi a primeira emissora brasileira ao substituir os disquinhos em que eram gravadas e reproduzidas as mensagens publicitárias. Passou a utilizar a gravação e reprodução automáticas das "spot-master", logo apelidadas de "casseteira", pela facilidade de editar "no ar" os comerciais programados em fitas "sem fim".

Hoje, como nunca, o Pará precisa de empreendedores autênticos assim, em diferentes áreas da atividade e vida humanas, única forma de inverter a equação de um estado rico com um povo pobre, despidos do "modismo" das plumas e paetês que mais revestem vaidades do que efetividades. Seguindo os grandes exemplos dos que têm construído o presente visando o futuro, hoje, ainda favorecidos pelas facilidades de toda ordem, que não existiam ontem, inclusive como forma de também se perpetuarem como empreendedores.

Linomar Bahia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ARTIGOS RELACIONADOS