Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Sistema defensivo é o maior trunfo de Netão desde quando assumiu o Remo

Carlos Ferreira

Nas mãos de Netão o Remo só tomou seis gols em 13 jogos

Em nove jogos oficiais e quatro amistosos, sob comando de João Nasser Neto, o Remo tomou apenas seis gols e marcou 19. Em todos esses jogos funcionou o mesmo sistema de marcação, trabalhado agora para tornar o time azulino consistente ao longo do campeonato estadual, dentro do projeto de acesso à Série B no segundo semestre. O Santa Cruz foi o único time a fazer mais de um gol no Leão: 2 x 0, em Recife, dia 8 de julho, na única derrota remista da era Netão. No mais, oito vitórias e quatro empates.

Domingo o Remo vai encarar um adversário que não conseguiu derrotar nos dois únicos confrontos. Em 2015 o Tapajós empatou em 5 x 5 no Mangueirão e em 2016 venceu em Santarém por 1 x 0. O Boto vem insinuante como sempre, e o Leão precisa provar sua evolução, num jogo que só depende de formalidades para ser definitivamente confirmado para domingo na reabertura do Mangueirão.

 

Bruno Oliveira, o melhor dos novos bicolores

Paulista, 26 anos, Bruno Oliveira chegou sem causar grande expectativa, mas, dos novos bicolores, foi quem deixou melhor impressão nos dois primeiros jogos do Papão. Fez ótimas jogadas de ataque e até um gol em cobrança de falta. Crédito também para o meia Leandro Lima e para o atacante Caion. O meia Alan Calbergue chegou a ser festejado como principal figura bicolor contra o São Francisco, mas queimou o próprio cartaz no jogo contra o Bragantino.

Bruno Oliveira se desvinculou do Palmeiras em 2018, depois de ser emprestado ao Oeste, Penapolense, Vila Nova/GO, Bragantino, Mirassol e Nacional/SP. Ele é o único lateral direito no elenco do Papão e está sob cuidados médicos, por um choque com Esquerdinha, do Bragantino.    



BAIXINHAS 

* Como o Papão está em clima de aniversário (sábado completa 105 anos), a coluna apresenta curiosidade sobre a origem do nome que clube, que é uma homenagem à Marinha Brasileira pela vitória na batalha de Paysandu, cidade uruguaia, em 1865. A cidade de Paysandu, agora com 76 mil habitantes, fica a 368 quilômetros de Montevidéu. A curiosidade: quem nasce em Paysandu é sanducero. Significa: cero, natural de sandu. 

* Troféu do Parazão/2019 vai circular por todas as cidades do campeonato, nos estádios e nas agências do Banpará. A FPF está definindo o calendário da itinerância do troféu. Outras boas novas da Federação: transmissão ao vivo da FPFTV para os sorteios de arbitragem, via You Tube e Facebook, e em breve um programa de televisão na TV Cultura. A FPFTV, dirigida por Ivanildo Gomes, está fazendo transmissões ao vivo dos jogos não mostrados pela emissora da Funtelpa. Vitrine para todos! 

* Por não cumprir funções táticas, Willyam perdeu espaço no Paysandu. Pior é que perdeu  oportunidade de transferência para o CRB, porque o Papão só admitiu emprestá-lo se o clube alagoano pagasse o que o atleta tem a receber na Curuzu. Surgiu interesse do Paraná, mas também deu em nada. Willyam, maranhense, 21 anos, não consegue sair do clube e muito menos entrar no time bicolor.    

* SporTV mostrou na madrugada de hoje e reprisa às 19h15, no SporTV2, o programa ZEBRAS sobre a sobre a histórica vitória do Paysandu sobre o Boca Juniors (1 x 0) na Bombonera, pela Libertadores 2003. O documentário vai revelar bastidores do jogo e os efeitos imediatos do surpreendente resultado no Pará e na Argentina. Trabalho da repórter Karin Duarte e grande equipe.

* Salários atrasados, greve, situação humilhante. O elenco do Paragominas vive um drama que contrasta com a ótima campanha do Parazão: dois jogos e duas vitórias. O clube está com todas as receitas bloqueadas, como já estava no ano passado.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!