Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

A oscilação marcante do Remo e os erros nas contratações do Paysandu

Carlos Ferreira

Leão segue na mesma alternância 

Desde a primeira rodada da Série C, o Remo alterna os resultados. Vence um jogo e empata o jogo seguinte. Ontem esteve muito perto de construir a segunda vitória seguida e a liderança, mas essa glória escapou. No entanto, o Leão segue invicto, como vice-líder, bem encaminhado no seu objetivo da classificação ao "mata mata" do acesso. 

A atuação em Tombos foi mediana e o resultado também. O empate em 2 x 2 com o Tombense era o palpite de Joubert Meira, ex-técnico remista, filho e morador de Tombos, merecidamente homenageado pelo Leão Azul.

 

Papão e seus erros em contratações

Tiago Luis acima do peso, Diego Rosa e Jheimy também abaixo do potencial, Anderson Uchôa lesionado. Wellington Reis deu o azar de se lesionar no jogo contra o Juventude. Pimentinha produtivo apenas com bola no pé. Enfim, somente o lateral Tony tomou conta da sua posição. A julgar pelas respostas dadas até agora, o Papão foi mal nas contratações para a Série C. Sete novos jogadores no elenco e não dá pra dizer que o time foi reforçado.

Hélio dos Anjos vai investir trabalho e artimanhas na elevação do rendimento desses e demais atletas. Trabalho em campo e artimanhas fora, com sua experiência e liderança, para fazer as peças funcionarem na engrenagem. É a hora do algo mais na atitude, no comprometimento e na responsabilidade!

 

BAIXINHAS 

* Atletas que o Papão ainda não acionou na Série C. Goleiros Douglas Silva e Paulo Ricardo, zagueiro Perema, lateral Diego Matos, volantes Alex Galo, Yuri e Uchôa, meia Alan Calbergue, atacantes Elielton, Bruce e Aslen Keven. Dos onze, Yuri e Bruce são da base, tal como o meia Victor Diniz, que saiu para testes no Palmeiras.

* Festejadíssimo pelo azulinos, Vinícius já teve o seu dia infernal no futebol, quando defendia o Vila Nova-GO. Falhou e foi responsabilizado por derrota num jogo muito importante. Precisou de escolta policial para sair do estádio. No Remo, agora, se precisar pode sair nos braços da torcida.

* Vinícius entende que ainda está abaixo de Eduardo Ramos em nível de importância no Leão Azul. Diz que só vai se sentir nivelado ao ER se conquistar um acesso no campeonato brasileiro. O goleiro fez essa declaração ao oliberal.com, no ABRE O JOGO que irá ao ar em breve. 

* Rafinha, ex-Bayern e Seleção, com alguns  convidados em Castanhal no próximo sábado, 16 horas, no Modelão, para jogo beneficente. Um dos convidados é Jackson, que brilhou no Cruzeiro, no Palmeiras e foi colega de Jackson no Coritiba, tal como o castanhalense Helinho.   Rafinha repete essa confraternização todos os anos, inclusive com sorteio de prêmios. Desta vez será em Castanhal, por causa da amizade com Helinho. 

* O Flamengo é o novo clube de Rafinha, 33 anos, depois de 15 na Europa. Ele vai passar o fim de semana em Castanhal. O atleta curte  férias, enquanto é aguardado no Mengão para o segundo período do Campeonato Brasileiro, pós Copa América.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!