Último Quarto

Acadêmico cursando o último ano de jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Danilo Monteiro começou sua trajetória na área esportiva em 2016, em Belém, como repórter e comentarista na Rádio Unama. Atualmente, é estagiário na editoria de esportes do site da revista VEJA e Placar.

O campeão da NBA será definido no próximo jogo

O vencedor não será coroado matematicamente, mas terá uma grande vantagem psicológica sobre os adversários

Danilo Monteiro

O Toronto Raptors lidera a série final da NBA por 2 a 1 e está muito próximo do título inédito da liga. Depois de recuperar o mando de quadra, o time canadense enfrentará novamente o Golden State Warriors fora de casa, no jogo que, provavelmente, decidirá quem será o campeão.

O cenário é muito favorável para qualquer uma das equipes que vencer o jogo 4, mais ainda para os Raptors, que voltariam para casa com 3 a 1 no placar. Nenhum time virou um 3 a 1 em uma final até 2016, quando o próprio Golden State Warriors perdeu a vantagem e viu LeBron James e o Cleveland Cavaliers levantarem a taça em plena Oracle Arena. É muito difícil, portanto, ver os Raptors escorregarem em casa com tal vantagem.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Kawhi (30), @kyle_lowry7 (23) @ @greenranger14 (18) combine for 71 points in @raptors Game 3 #NBAFinals victory!

Uma publicação compartilhada por NBA (@nba) em

O caso do Golden State é um pouco mais complicado, mas a mesma teoria do vencedor do jogo 4 também funciona para eles. Os atuais bicampeões sofrem sem os astros Kevin Durant e Klay Thompson, mas eles estão próximos de um retorno – Thompson, inclusive, já está confirmado para a próxima partida e KD otimista.

O retorno dos astros somados ao desempenho espetacular de Stephen Curry na final e uma boa vitória na próxima partida pode mudar o curso da série. Dificilmente os adversários não sentirão o peso de enfrentar um time bicampeão – soberanamente – completo. Seja em qualquer esporte, é comum o adversário azarão, sem acompanhamento adequado psicologicamente e inexperiente em decisões, entrar em quadra/campo derrotado contra os favoritos. É preciso muita concentração e coragem para ultrapassar essas barreiras.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por NBA (@nba) em

O vencedor do jogo 4, nesta sexta-feira, às 22h (de Brasília), na Oracle Arena, será o campeão da temporada 2018/19 da NBA. Toda teoria, porém, tem uma exceção e no caso desta é uma atuação histórica de um destes dois grandes times para quebrar os paradigmas psicológicos.

Último Quarto
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!