Último Quarto

Acadêmico cursando o último ano de jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Danilo Monteiro começou sua trajetória na área esportiva em 2016, em Belém, como repórter e comentarista na Rádio Unama. Atualmente, é estagiário na editoria de esportes do site da revista VEJA e Placar.

O 1º ranking de força dos playoffs da NBA

Lista mostra os times que apresentam melhor rendimento no início da fase eliminatória

Danilo Monteiro

As 16 equipes classificadas para os playoffs da NBA ainda estão disputando a primeira rodada, que já tem resultados surpreendentes, como a vitória do Orlando Magic sobre o Toronto Raptors e do Brooklyn Nets sobre o Philadelphia 76ers. O primeiro ranking de força dos playoffs mostra quem joga o melhor basquete nesta 1ª rodada.

O destaque é o Houston Rockets, de James Harden, que lidera a série contra o forte Utah Jazz, por 2 a 0, com dois resultados surpreendentemente fáceis. Em segundo, aparece o Milwaukee Bucks, de Giannis Antetokounmpo, que também atropelou seu adversário (Detroit Pistons) nos dois primeiros jogos.

Confira o ranking de força dos playoffs da NBA:

1. Houston Rockets:

Rockets 2 x 0 Utah Jazz. Harden continua tendo desempenhos incríveis e a equipe do Texas apresenta o basquete mais vistoso até aqui, desmantelando o Jazz, conhecido pela forte defesa.

2. Milwaukee Bucks:

Bucks 2 x 0 Detroit Pistons. Antetokounmpo, assim como Harden, também continua brilhando. Os Bucks atropelam, mas se beneficiam do desfalque de Blake Griffin, astro do Detroit.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

OH MY!! #FearTheDeer

Uma publicação compartilhada por Milwaukee Bucks (@bucks) em

3. Portland Trail Blazers:

Blazers 2 x 0 Oklahoma City Thunder. Damian Lillard e os Blazers esqueceram a péssima participação nos últimos anos e vencem o Thunder com autoridade, mesmo tendo perdido todos os jogos contra eles na temporada regular.

4. Golden State Warriors:

Warriors 1 x 1 Los Angeles Clippers. O GSW tomou a maior virada da história dos playoffs (31 pontos) jogando em casa e perdeu o pivô DeMarcus Cousins, mas continua com grande artilharia ofensiva e com o favoritismo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Keep. On. Pushing.

Uma publicação compartilhada por LA Clippers (@laclippers) em

5. San Antonio Spurs:

Spurs 1 x 1 Denver Nuggets. Em sua temporada de maior oscilação nos últimos anos, os Spurs cresceram na reta final, roubaram o mando de quadra do favorito Nuggets e por pouco não levaram a série para casa com um 2 a 0.

6. Boston Celtics:

Celtics 2 x 0 Indiana Pacers. Ainda inconstante, o Boston vence nos playoffs, mas ainda não convence. Contam com um Pacers desfalcado de Victor Oladipo, seu principal expoente ofensivo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

R I S I N G

Uma publicação compartilhada por Boston Celtics (@celtics) em

7. Toronto Raptors:

Raptors 1 x 1 Orlando Magic. Depois de serem surpreendidos na estreia, o Toronto voltou a apresentar o basquete que lhes deu o segundo lugar do leste e deve recuperar o mando de quadra.

8. Philadelphia 76ers:

Sixers 1 x 1 Brooklyn Nets. O Philadelphia perdeu a primeira partida e foi vaiado por sua própria torcida. No segundo jogo, entretanto, confirmou o favoritismo e bateu os Nets sem dificuldades.

https://www.instagram.com/p/BwTB-f4BIMU/

9. Denver Nuggets:

Nuggets 1 x 1 San Antonio Spurs. Os Nuggets tiveram a segunda melhor campanha do oeste e um dos melhores ataques da liga, mas esbarraram na defesa experiente de San Antonio e perderam seu mando de quadra.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

📸💥 @dwhite921 💥📸

Uma publicação compartilhada por NBA (@nba) em

10. Los Angeles Clippers:

Clippers 1 x 1 Golden State Warriors. Os Clippers foram atropelados na primeira partida, mas conseguiram a maior virada da história dos playoffs no jogo seguinte. A dedicação e vontade assustaram os favoritos Warriors, que perderam o pivô DeMarcus Cousins e podem se complicar.

11. Brooklyn Nets:

Nets 1 x 1 Philadelphia 76ers. O time de Nova Iorque roubou o mando de quadra dos Sixers e colocaram pressão nos favoritos com seu jogo de velocidade e bolas de três pontos.

12. Indiana Pacers:

Pacers 0 x 2 Boston Celtics. Sem sua estrela, o ala-armador Victor Oladipo, os Pacers encontram dificuldades para superar o Boston, que venceu as duas primeiras com dificuldade, dando alguma esperança ao Indiana, que mandará os próximos dois jogos em casa.

13. Orlando Magic:

Magic 1 x 1 Toronto Raptors. O Orlando conseguiu uma vitória importantíssima fora de casa, mas precisa ser uma zebra muito grande para superar os Raptors, que tem um elenco com muito mais qualidade.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Comment below if you’re going to watch with us on @foxsportsflorida 👇

Uma publicação compartilhada por Orlando Magic (@orlandomagic) em

14. Oklahoma City Thunder:

Thunder 0 x 2 Portland Trail Blazers. O Thunder abriu 4 a 0 nos Blazers na temporada regular, mas joga com um aproveitamento sofrível nas bolas de três pontos nos playoffs (apenas 10 em dois jogos). Suas estrelas, Russell Westbrook e Paul George, ainda não mostraram a que vieram.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Two quarters from game two. 🖼📸

Uma publicação compartilhada por Portland Trail Blazers (@trailblazers) em

15. Utah Jazz:

Jazz 0 x 2 Rockets. O Jazz prometia ser um grande adversário para qualquer equipe na pós-temporada, mas sofre contra os Rockets, que os massacraram nos dois primeiros jogos. Com sua grande defesa no chão e um ataque ineficiente, a equipe terá poucas chances.

16. Detroit Pistons:

Pistons 0 x 2 Milwaukee Bucks. Os Pistons não contam com Blake Griffin, sua principal estrela, e não consegue sequer ameaçar os Bucks, que fazem grande campanha e venceram com facilidade os dois primeiros jogos.

Último Quarto