Bolsonaro não vê motivos para paralisação de caminhoneiros, diz porta-voz

Governo está sendo proativo nas negociações, afirma Otávio do Rêgo Barros

Reuters

O presidente Jair Bolsonaro e sua equipe não veem motivos para uma paralisação dos caminhoneiros, que poderia ocorrer dia 29 deste mês, segundo algumas lideranças da categoria, e o governo está sendo proativo nas negociações, disse nesta segunda-feira o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros.

Leia mais

Representantes dos caminhoneiros dizem que nova paralisação depende do governo

O governo, disse o porta-voz, tem buscado lideranças que se identificam com diferentes grupos de caminhoneiros autônomos para conversar sobre suas reivindicações e atendê-las na medida do possível.

Rêgo Barros acrescentou ainda que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, está conversando com os caminhoneiros e com os empresários para chegar a um modelo possível para a nova tabela de frete.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!