Assista: PMs flagram idoso jogando TV velha fora e o fazem devolver entulho para casa

Cena foi registrada na manhã desta sexta, na Perimetral: descarte irregular é crime ambiental

Dilson Pimentel / Redação Integrada

Uma guarnição da Polícia Militar flagrou, na manhã desta sexta-feira (4), em Belém, o momento em que um senhor jogava um tubo de imagem de televisão no canteiro da avenida Perimetral, no bairro da Terra Firme. A cena, inusitada, foi flagrada pela equipe de reportagem da redação integrada de O Liberal: os militares explicaram ao homem que essa conduta era crime ambiental - e o orientaram a recolher o material. O senhor ainda hesitou, mas obedeceu. Ele colocou o objeto de volta no carrinho de mão e retornou para sua residência, nas proximidades.

Antes, admitiu que já havia jogado, no mesmo local, outros dois tubos de imagem de TV, mas ficou de voltar, depois, para recolhê-los. O flagrante ocorreu às 11 horas, próximo à rua São Domingos.


Comandando a guarnição, o cabo Clayton , do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), comentou a abordagem. "Na situação em que se encontra a cidade, a gente tem tentado evitar esse tipo de descarte. Conversei com o cidadão e o orientei a retirar. Por se tratar de um senhor de idade, e leigo das leis, eu o orientei. Ele não se negou a recolher e retirou o lixo que colocou no local. Se ele se recusasse, seria conduzido (a uma unidade da Polícia Civil)", disse o cabo, que estava na viatura 0124, juntamente com os cabos Paulo Roberto e Branco.

FARDO

A princípio, o senhor disse que "estava pesado" para levar tudo de volta. Ele colocou no carrinho de mão o tubo que havia acabado de jogar no canteiro central, e disse que achava que poderia agir dessa forma. A área onde ele jogou o tubo de imagem é usado, por moradores, para o descarte clandestino de entulho.

Em outubro, a Prefeitura de Belém informou que há mais de 500 pontos de descarte desses resíduos pela cidade. Mas a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) garantiu que todos esses locais "recebem atenção permanente da Prefeitura de Belém, pois são regularmente utilizados para descartar o lixo de forma criminosa".

Um levantamento realizado pela Prefeitura de Belém, por meio da Sesan, apontou que, dos mais de 500 pontos contabilizados em 2013, aproximadamente 60 tiveram o descarte interrompido ou controlado. Um dos principais locais usados para o despejo desses resíduos são as margens dos canais.

MULTA

O valor da multa para quem for flagrado jogando entulho em via pública é de aproximadamente R$ 610. Se for caracterizado crime ambiental, o valor da multa poderá atingir R$ 50 milhões, dependendo da gravidade, além de prisão e flagrante. Mas, ainda conforme a Sesan, "sem a efetiva participação dos moradores não será possível reverter a situação e muito menos fiscalizar simultaneamente mais 500 pontos de descarte irregular de entulho espalhados pela cidade".

A prefeitura informa ainda que, como parte do esforço para acabar com pontos de descarte criminoso de lixo em vias e canais, a equipes da Sesan realizam rondas de fiscalização e ações de educação ambiental para orientar moradores sobre os procedimentos de descarte de lixo.

Com apoio da Guarda Municipal e Batalhão de Polícia Ambiental, aproximadamente 800 carroças já foram apreendidas desde 2013.
 

 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!