Três homens executam matador e a esposa em Abaetetuba

Francenildo Cardoso e Elia Cavaleiro estavam dentro de um carro quando foram mortos

Redação Integrada

Um ex-presidiário foi executado com vários tiros na tarde deste sábado (19) em Abaetetuba, município do nordeste paraense. A esposa dele também foi atingida pelos disparos e morreu a caminho do hospital. Francenildo Dias Cardoso e Elia Cavaleiro estavam dentro de um carro quando homens armados desembarcaram de um veículo preto e atiraram várias vezes.

O crime ocorreu no bairro Francilândia, na frente da casa das vítimas. Francenildo e a esposa estavam dentro do veículo, no momento em que três homens - usando colete à prova de balas e camisa escondendo o rosto - desembarcaram de um automóvel e começaram a atirar. Francenildo foi o primeiro a ser atingido por vários disparos. Ele ainda tentou sair do veículo, mas não conseguiu. Um dos atiradores então quebrou o vidro do lado do passageiro, onde estava Elia, e ela também foi baleada. Em seguida, um dos criminosos ainda esfaqueou o homem no peito.

Francenildo morreu na hora e a esposa foi encaminhada para atendimento médico, mas morreu antes de chegar ao hospital. Os acusados fugiram logo após o fato e ainda não foram localizados. Segundo apurações preliminares, dois homens em uma motocicleta deram apoio à operação criminosa.

De acordo com a polícia, Francenildo já havia cumprido pena pelos crimes de estupro e homicídio, e também era acusado de envolvimentos com grupos de extermínio. Ele ficou conhecido na década de 90 por ter matado o então deputado estadual José Nassar.

Amazônia